A Resposta ao Anti-Semitismo

O Ex-terrorista Que Agora Ama o Povo Judeu

A História Verdadeira de Zacarias Anani

"Dou graças a Deus por ter passado a maior parte de minha curta vida militante lutando contra mim mesmo. O destino nunca me colocou contra o exército de Israel" – Zacarias Anani. Passado é o ódio e vazio existencial de Anani. Isso foi trocado por amor a todas as pessoas, incluindo Judeus.

 

Trecho de Arutz Sheva: "Fui criado para odiar Judeus e Israel.  Isto foi a minha primeira criação, minha primeira atitude", disse Zacarias Anani ao Programa de Rádio Nacional Tovia Singer". "Dou graças a Deus por ter passado a maior parte de minha curta vida militante lutando contra mim mesmo. O destino nunca me colocou contra o exército de Israel", acrescentou Anani.

www.israelnationalnews.com/News/News.aspx/93666 (25/11/05)

 

Como tudo começou…

 

Zachariah AnaniZacarias Anani nasceu em uma família do clérigo Mulçumano em Beirute, Líbano. Era esperado dele que seguisse os passos de seu bisavô e avô, ambos eram sacerdotes (autoridade religiosa), e por este motivo foi enviado aos 3 anos de idade para uma escola islâmica. Aos 13 anos ingressou num dos muitos grupos de milícia que existiam na década de 70, fundados pela Organização de Libertação da Palestina. Sua família estava encantada, porque conforme a tradição islâmica, aqueles que morrem em batalha contra os infiéis têm o direito de ir para o céu, e sua família deveria ser respeitada. Ele foi treinado para odiar Judeus, Cristãos e Americanos, e foi treinado para lutar e matar, tanto com armas como com as mãos.

 

Em sua organização, se uma morte fosse testemunhada por dois ou mais membros da milícia, seria feita uma pontuação em seu arquivo pessoal. Logo após o alistamento, ele cometeu seu primeiro assassinato, e aos 17 anos, já haviam 223 pontos anotados em seu arquivo pessoal. Anani descreveu dois tipos de efeitos que esse tipo de ambiente tinha sobre jovens mulçumanos: Eles se tornavam insanamente fanáticos pelo Islamismo, ou se tornavam frios e mortos dentro de si mesmos. Este último efeito, era o que normalmente prevalecia em Anani. Quando tinha 16 anos de idade, ele já tinha visto tantas mortes e violência que a vida literalmente não significava nada para ele. Até mesmo seus colegas de milicia tinham medo dele. Ele mesmo, Anani, achava que seria morto antes de chegar aos 20 anos de idade.

Sozinho e chateado, um dia ele se deparou com um pregador missionário na esquina de uma rua. Percebendo que era um Cristão, Anani virou para um lado da rua para se afastar, quando resolveu parar ao escutar a afirmação do missionário: "Jesus, o Messias, lhe dará nova vida, esperança e salvação". Esperando que o missionário terminasse de falar, Anani aproximou-se dele e disse: "Você realmente acredita no que disse?", perguntou. Após uma breve conversa, o missionário deu seu cartão de visita e lhe disse para que "telefonasse para ele quando quisesse". Incapaz de dormir naquela noite, ele ficava repetindo as palavras do missionário em sua mente: "Jesus Cristo lhe dará nova vida, esperança e salvação". No dia seguinte ele ligou para o missionário e se encontrou com ele. Ele chorou quando escutou que Jesus Cristo tinha morrido na cruz para pagar pelos pecados de Anani. Ele então abriu uma Bíblia pela primeira vez em sua vida e leu as palavras de Jesus: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei." (Mateus 11:28). Naquela tarde Anani entregou a sua vida para Jesus Cristo. Anani disse: "Aquilo iniciou uma mudança em minha vida".

A primeira reação de Anani foi a de compartilhar a alegria de sua nova vida em Jesus, o Messias, com sua família. "Eu fui dizer para meus pais e a todo mundo no dia seguinte. Eu não escondi a minha fé". A sua família respondeu imediatamente lhe agredindo fisicamente com tapas e rasgando em pedaços a Bíblia de Anani. Sua mãe alertou todos os vizinhos a manterem seus filhos longe dele. Na medida que a palavra de sua conversão se espalhava, os líderes mulçumanos em Beirute lhe processaram por apostasia. Ele foi interrogado por um sacerdote que lhe questionou com perguntas inteligentes. Anani percebeu a insuficiência de suas respostas, mas sabia que Deus havia lhe dado um novo espírito, um novo coração e que Jesus se tornara seu Senhor e Salvador. Após ter sido espancado e ficado inconsciente e ter sido excomungado, lhe deram três dias para se retratar e voltar para a mesquita como um mulçumano, caso contrário qualquer um teria o direito de matá-lo. Três dias se passaram e Anani ainda não tinha abandonado a sua fé em Jesus, quando então, seu próprio pai, contratou três assassinos kurdos para matá-lo. Nos anos que se seguiram, houve 18 tentativas de assassinato contra sua vida.

Passado é o ódio e vazio existencial de Anani. Isso foi trocado pelo amor a todas as pessoas, incluindo Judeus. Desde que deixou o Líbano em 1996, Anani não apenas compartilha humildemente o amor de Jesus – o Messias, a todos, mas também fala publicamente expondo as mentiras do Islamismo em relação a Israel e Judeus. O ex-guerrilheiro de milícia de Beirute continua a maravilhar-nos com as mudanças que Deus promoveu em sua vida.

O que realmente produziu a dramática mudança em sua vida? Para os crentes nascidos de novo em Jesus, o Messias, a transformação de Anani, mesmo que dramática, não é de nenhuma maneira incomum. Existem literalmente milhões em todo o mundo hoje que tem experimentado esta transformação que Jesus chama como sendo "nascido de novo". Nossas congregações estão repletas de histórias semelhantes voltando aos tempos em que Jesus estava na terra.

Para entender realmente o que aconteceu com Zacarias Anani, precisamos voltar aos profetas, os quais prometeram a vinda do Messias. Deus disse que Ele levantaria um profeta especial como Moisés. Jesus fez milagres e estabeleceu uma aliança com o povo de Deus como fez Moisés (Deuteronômio 18:15-19). Isaías disse que Ele nasceria de uma virgem (Isaías 7:14). Miquéias nos disse que ele viria de Belém, que seria eterno e se tornaria o Governador (Miquéias 5:2). Isaías disse que ele curaria os enfermos, os coxos, os surdos e os mudos. Isaías também disse que apesar de todos estes milagres, ele seria rejeitado de seu  próprio povo e morto, mas que em Sua morte Ele realizaria Sua missão para a humanidade, ele sendo inocente morreria em nosso lugar, pecadores. Ele literalmente levaria a punição destinada a nós, para que pudéssemos ser perdoados e livremente aceitos no céu. Isaías falou da morte do Messias dizendo: "Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, … Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades;… mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos". (Isaías 53:3-6)

Por que precisamos que alguém pague pelos nossos pecados? O sacrifício de sangue animal era um princípio que fora iniciado depois da queda no Jardim do Éden, e mais tarde fora instituído como um ritual para a expiação do pecado na Lei de Moisés. "Porque naquele dia se fará expiação por vós, para purificar-vos; e sereis purificados de todos os vossos pecados perante o SENHOR." (Levíticos 16:30). Na lei de Moisés consta: "… porquanto é o sangue que fará expiação pela alma." (Levítico 17:11)

Contudo, Davi predisse que o Messias não ficaria morto (Salmos 16:10). Após a sua morte, Ele seria ressuscitado com mais de 500 testemunhas atestando isso e que ascenderia para a destra de Deus. Isaías profetizou com respeito a este Deus-menino, "Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, …" (Isaías 9:6-7). Daniel nos disse que tudo isto aconteceria logo após a destruição de Jerusalém e seu Templo (Daniel 9:26). Todas essas promessas e muito mais foi cumprido em Jesus, o Messias.

 

Existem outras promessas na Bíblia que falam sobre a natureza da salvação que este Salvador ofereceria à humanidade. Essas promessas descrevem  exatamente o que aconteceu com Zacarias Anani: "E lhes darei um só coração, e um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne; Para que andem nos meus estatutos, e guardem os meus juízos, e os cumpram; e eles me serão por povo, e eu lhes serei por Deus." (Ezequiel 11:19-20). Sua salvação seria completa. Ele não apenas perdoaria os pecados daqueles que confiassem no Santo de Deus, mas que Ele tiraria seus corações duros e frios que O odiaram ou que O desprezaram e trocaria por corações que O amassem e que O seguissem. Deus prometeu que Ele colocaria um novo espírito naqueles que confiassem no Messias, fossem Judeus ou Gentios (Isaías 42:6; Romanos 10:11-13; Ezequiel 11:19). É um fato incontestável que isto descreve exatamente o que tem acontecido com milhões de pessoas em todo o mundo por dois mil anos daqueles que tem confiado em Jesus, o Messias, como Salvador de seus pecados. Pense sobre isso.

 

Anti- Semitismo é na verdade uma rebelião contra o Deus de Israel, que é o Deus de toda a terra. A solução para o anti-Semitismo em todo o mundo será em breve percebida quando Jesus, o Messias retornar e reinar sobre todo o mundo a partir de Jerusalém. "Naquele dia o SENHOR protegerá… E acontecerá naquele dia, que procurarei destruir todas as nações que vierem contra Jerusalém; … e olharão para mim, a quem traspassaram; …" (Zacarias 12:8-10  14:16). Quando transpassamos o SENHOR?

O ex-terrorista mulçumano Zacarias Anani e milhões de outras pessoas tem encontrado a solução para o anti-Semitismo e salvação pessoal ao seguir o mandamento de Deus, o qual é: "Arrependimento para com Deus e fé em nosso Senhor Jesus Cristo."

Você tem experimentado o perdão dos pecados e a novidade de vida que Zacarias Anani e milhões de outras pessoas tem experimentado? Você já se arrependeu de seus pecados e tem nascido de novo? Jesus disse: "… se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis." (Lucas 13:5) e "Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus." (João 3:3). Deus ama você e sacrificou a vida de Seu Filho para pagar por todos os seus pecados e lhe dar um coração limpo e oferecer a você a vida eterna: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

Para aqueles que rejeitarem sua única solução para o perdão de pecados e vida eterna, ele adverte: "Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte" (Apocalipse 21:8).

"Porque todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo." 

"A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo." (Romanos 10:9, 13).

Por que você não pede a Deus agora para perdoar você de todos os seus pecados e pela salvação e vida eterna que ele oferece através de Jesus Cristo?

"… E um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne;"  (Ezequiel 11 : 19)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments are closed.